19.4.09

(in)satisfação

ou a mulher do outro

a única guia que tenho é minha respiração opressa
minha pele arrepiada
meus instintos
todo amor que vale a pena parece vir carregado de perigos
faz tempo que ofereco meu amor para nínguem
portanto tenho pouca experiência recente
do passado vivido ficou uma certeza
o bom é se entregar
sem medo
por inteiro
se rasgar de alegria e sofrimento
se ele tem outras
resta saber porque volta pra você
obrigação ou vontade
se for vontade que vá e volte por trilhões de vezes
e cada retorno seja a primeira chegada
se você for a favorita do harém...
seja sua rainha...
o difícil é satisfação...

2 comentários:

Rubens Barbosa disse...

Ai é muita evolução!
Consigo não!
Meu mundo cai horrores!
=*

NI disse...

eu queria ao menos testar... prá ver como é! e a sorte! rsrsrsr

Seguidores

quem sou eu?

Minha foto
as definições, as conceituações, me entram, como se diz, por um ouvido e saem pelo outro... sou.