11.9.09

monstro

o monstro me diz:
farei você duvidar.
farei de você sempre criança em busca de cuidados alheios.
farei você sempre procurar aprovação.
farei você sempre desejar o homem errado.
farei você perder sempre o foco.

eu digo para o monstro:
vai se fuder monstro safado!
seu papo de monstro não cola!
descobri de onde vem sua voz!
você não me assusta mais!

o monstro sai de fininho com medo de mim!

Um comentário:

versospoti disse...

isso, dá uma chapa nas costelas dele, ni! [hehehe]

Seguidores

quem sou eu?

Minha foto
as definições, as conceituações, me entram, como se diz, por um ouvido e saem pelo outro... sou.