27.4.10

potência

cantando para meu filho dormir, veio novamente o insight sobre a maternidade.
foi tão forte o ser mãe em mim que desestruturei, rui, reconstrui.
foi tão intenso que deprimi.
morri.
ressurgi.
parece que vou explodir em cada dia.
as emoções todas intensas.
não tem um dia amorfo, inodoro.
tudo tem gosto, dói, dá prazer, machuca e cura.




"provo............que a mais alta expressão da dor...........consiste essencialmente na alegria. " 

Um comentário:

Seguidores

quem sou eu?

Minha foto
as definições, as conceituações, me entram, como se diz, por um ouvido e saem pelo outro... sou.