7.4.10

perdoar é resistir a crueldade do mundo

duas pessoas podem ir ao encontro uma da outra,
falar-se e estar lado a lado, mas serão sempre como flores de arvores diferentes...
podem trocar seus cheiros pelo sabor do vento que vai como e para onde quer.
vive-se a vida ao acaso dos ventos.
não falta beleza, muito menos liberdade.
e só.
há que se perdoar esse capricho da existência.



Seguidores

quem sou eu?

Minha foto
as definições, as conceituações, me entram, como se diz, por um ouvido e saem pelo outro... sou.